ENGENHEIRO AEROESPACIAL

Engenheiros aeroespaciais trabalham, com veículos aéreos, satélites e mísseis. Um engenheiro aeroespacial é multidisciplinar, a princípio precisa de uma licenciatura em aeroespacial ou uma área relacionada com sistemas aeroespaciais. Outros cursos relevantes são:

  • Engenharia mecânica;
  • Electricidade/Electrónica ou Engenharia de Telecomunicações;
  • Aplicações Espaciais;
  • Ciência da computação ou Engenharia informática;
  • Matemática;
  • Física.

Em projectos com satélite, o engenheiro aeroespacial é fundamental para entender os diferentes subsistemas de um satélite e suas aplicações. Caso participe na criação do satélite deve procurar melhorar a segurança, consumo de propelente, velocidade e peso, assim como reduzir custos para satisfazer as necessidades do cliente. Pensar sobre o impacto que as tecnologias aeroespaciais têm no meio ambiente tem sido cada vez mais importante.

Entre as áreas da engenharia aeroespacial incluem:

  • Aerodinâmica;
  • Aviônica;
  • Materiais e Estrutura;
  • Propulsão ;
  • Software;
  • Carga útil e serviços ;
  • Integração de sistemas.

Habilidade:

  • Conhecimento em sistemas aeroespaciais;
  • Habilidade de pensar de uma criativa, ser inovador;
  • Fortes habilidades de resolução de problemas e análise;
  • Ser metódico e atento a detalhes;
  • Conhecer a indústria espacial em Angola, África e no mundo;
  • Habilidades de comunicação e trabalho em grupo;
  • Capacidade de trabalhar com deadline e ser auto disciplinado;
  • Gestão de tempo e ser organizado;
  • Ser adaptável a novas tecnologias;
  • Conhecimento de Inglês.