Notícias


2020-06-01 | OPENGEOLAB: Técnicos do GGPEN finalizam parte teórica da formação 


Dez técnicos do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN) terminaram, na passada sexta-feira, a última sessão teórica da formação sobre a Plataforma OPENGEOLAB, que no âmbito da transferência de tecnologia e, principalmente, de conhecimento na área espacial, visa a Capacitação dos Futuros Operadores de Satélites de Observação da Terra.

A formação, que decorreu no Centro de Controlo e Missão de Satélites (MCC),  na Funda, onde estão configurados computadores com a plataforma OPENGEOLAB,  ficou marcada pela apresentação dos conceitos teóricos, ministrados por especialistas da empresa THALES ALENIA SPACE, sobre a análise e Interpretação de Dados e Introdução da ferramenta QGIS, objectivando, essencialmente, capacitar os especialistas angolanos em matéria da arte de extracção de informações a partir de imagens captadas pelos satélites de observação da terra, bem como, capacitar os especialistas angolanos, em matéria de análise e interpretação das imagens, respectivamente.

O curso tem como objectivo capacitar especialistas angolanos em matéria de identificação e processamento de imagens recebidas via satélites de observação da terra, dotando-os de habilidades, tais como, o tratamento de imagens de satélites de observação da terra, preparação para a missão do futuro satélite de observação de Angola e familiarizar-se com a utilização final das imagens de satélites de observação.

Considerando a situação da pandemia da COVID-19, essa primeira fase teórica do curso foi ministrada online, sendo que, a segunda fase, que tratará dos aspectos práticos, que visa criar capacidades para arquivamento e distribuição de imagens, será ministrada de forma presencial, em Luanda, em função da evolução da pandemia da COVID-19.

A primeira sessão teórica da formação, datada de 20 de Maio, ficou marcada pela apresentação dos conceitos teóricos, ministrados sobre os temas de sensoriamento remoto, aquisição de dados, posicionamento e processamento de dados.

O curso do OPENGEOLAB vai permitir desenvolver aplicações espaciais como o mapeamento da terra para a agricultura, mapeamento do território, entre outras.